NOTÍCIAS

10/02/2020 18:07:01

FENASSOJAF REPUDIA DECLARAÇÕES DE PAULO GUEDES QUE COMPAROU SERVIDORES A “PARASITAS”


A Federação Nacional das Associações de Oficiais de Justiça Avaliadores Federais (FENASSOJAF) se soma às inúmeras manifestações de repúdio de entidades representativas de servidores e de outros segmentos da sociedade civil indignadas com as declarações do ministro da economia Paulo Guedes, que comparou o servidor público a um “parasita”.

Durante a participação em um evento na última sexta-feira (07) na Fundação Getúlio Vargas, o ministro afirmou que “o hospedeiro está morrendo, o cara (servidor público) virou um parasita, o dinheiro não chega no povo e ele quer aumento automático”.

Guedes ainda fez críticas ao modelo de reajuste salarial do funcionalismo público que, de acordo com ele, “já possui privilégios como aposentadoria generosa e estabilidade no emprego”.

Esta não é a primeira vez que ministros e representantes do Governo tentam difamar os servidores públicos, em total falta de respeito com aqueles que atuam para oferecer serviços à população.

Somos milhares de trabalhadores que atuam diariamente para fazer valer a Justiça e o atendimento ao cidadão mais carente. Policiais, bombeiros, professores, servidores do Judiciário, Oficiais de Justiça, homens e mulheres que decidiram dedicar suas carreiras no serviço público, sendo admitidos por meio de concursos rígidos e amplamente concorridos.

Somos mães e pais, filhos e avós, responsáveis pelo sustento de famílias. Atuamos com seriedade e responsabilidade naquilo que nos propomos a fazer.

Não aceitaremos que o serviço público continue sendo atacado de forma irresponsável e sem qualquer base verdadeira e idônea. A Federação lembra que a estabilidade no serviço público é a garantia de isonomia e lisura no trato dos interesses do cidadão, sem que ocorram indicações ou benefícios próprios. E que qualquer mau servidor pode, sim, ser demitido após o devido processo legal.

Neste sentido, a Fenassojaf se posiciona contra as acusações e contra a falta de respeito do ministro e do governo que ele representa. Mais uma vez, a entidade reforça o apoio às paralisações e mobilizações chamadas para o dia 18 de março contra as ameaças e ataques do Governo Federal.

Uma campanha via redes sociais está sendo preparada pela Federação, em parceria com a Aojustra e com outras associações que queiram aderir, para a valorização dos servidores públicos e Oficiais de Justiça.

Somente com união é que seremos capazes de combater injúrias e difamações!

SOMOS SERVIDORES PÚBLICOS E MERECEMOS RESPEITO!

Diretoria da Federação Nacional das Associações de Oficiais de Justiça Avaliadores Federais
FENASSOJAF