NOTÍCIAS

29/10/2019 11:51:43

FENASSOJAF SE SOLIDARIZA COM OFICIAIS DE JUSTIÇA DO CHILE


A diretoria da Fenassojaf encaminhou, nesta segunda-feira (28), uma Nota de Solidariedade aos Oficiais de Justiça do Chile, diante da violência instaurada naquele país pelas manifestações contra o governo e mortes ocorridas durante os atos.

Órgãos de imprensa chilenos estimam que ao menos 20 pessoas morreram desde o recrudescimento da crise, há 10 dias. 

Nesta segunda, novos confrontos ocorreram em Santiago e outras cidades do país. Alguns manifestantes voltaram a incendiar estações do metrô e a fazer barricadas nas ruas da cidade. Também em Santiago, um incêndio de grandes proporções atingiu um centro comercial na principal avenida da cidade a 850 metros do Palácio La Moneda, sede do governo.

De acordo com jornais chilenos, também houve tumulto em Antofagasta, Concepción, Temuco e Valparaíso, com confrontos entre manifestantes e forças de segurança.

No documento encaminhado para a presidente da Associação Nacional de Receptores Judiciais do Chile, Tatiana Muñoz Mimiza, a Federação manifesta solidariedade e apoio incondicional aos Oficiais de Justiça Receptores daquele país.

“Condenamos toda forma de violência que tomou as ruas das grandes cidades do país nos últimos dias, da mesma forma como condenamos a violência a que estão sujeitos os Oficiais de Justiça do Chile e de todo o continente sul-americano no exercício diário de suas atribuições”, afirma o presidente Neemias Ramos Freire.

A Fenassojaf reafirma, ainda, o compromisso assumido no 1º Seminário Internacional de Brasília – realizado em abril deste ano – para uma América do Sul mais unida, em nome do fortalecimento da categoria do continente como um todo.

Segundo o vice-diretor financeiro e responsável pelas Relações Internacionais, Malone da Silva Cunha, desde a última semana a Federação brasileira teve conhecimento das dificuldades enfrentadas pelos Oficiais de Justiça e a sociedade chilena como um todo, perante a crise instaurada naquele país. “Que nossas palavras sejam recebidas como uma demonstração de nossa amizade e companheirismo no continente”, afirma.

Veja AQUI a Nota de Solidariedade emitida pela Fenassojaf aos Oficiais de Justiça Receptores do Chile 

Da Fenassojaf, Caroline P. Colombo